Conheça a nova geração do sofisticado cupê

Mercedes-Benz CL

A nova geração do cupê de duas portas CL, da Mercedes-Benz, chega ao mercado europeu no terceiro trimestre do ano. A marca acaba de revelar fotos e detalhes do modelo, que está com visual renovado, dimensões mais avantajadas e novidades mecânicas. A parte dianteira é marcada pela presença da nova grade do radiador, com insertos cromados.

Nas laterais, os pára-lamas são robustos e o capô longo, o que dá ao carro visual robusto. O destaque fica por conta dos vidros laterais, inspirados nos cupês da Mercedes da década de 50. Com a ausência da coluna B, eles se abrem em estrutura única, além de apresentarem formato curvilíneo, o que ressalta a modernidade visual do modelo. A última seção do teto é rebaixada, recurso típico do segmento dos cupês.

O porta-malas é grande, acomodando 490 litros de bagagem, 40 litros a mais que o CL anterior. No interior, há forte presença de couro e madeira, o que garante ambiente elegante, típico da marca alemã. Na versão topo de linha, os painéis das portas contam com detalhes de cromo. O carro vem de série com teto solar, ar-condicionado digital e automático, que disponibiliza quatro diferentes zonas de temperatura na cabine, além de sistema de entretenimento, com CD e DVD.

A Mercedes-Benz incorporou ampla lista de itens de tecnologia ao carro. A suspensão vem com função ABC, que ajusta sua altura automaticamente, aprimorando a estabilidade. Outra novidade fica por conta do ILS, recurso que, utilizando faróis de xenônio, disponibiliza, também de maneira automática, cinco diferentes intensidades de iluminação externa. O sensor de estacionamento é controlado por radares, que passa informações e imagens para uma tela no painel central.

Todas as funções do carro podem ser controladas pelo Control System, que utiliza a tela do painel central, ativada por botões no volante ou no console. O CL vem com duas versões de motorização; na versão CL500, é oferecido o V8, de 388 cavalos, 26% a mais de potência que o propulsor anterior. O torque, de 53,5 kgfm a 2.800 rpm, foi aprimorado em 15%. Segundo a Mercedes-Benz, o carro acelera de 0 a 100 km/h em 5,4 segundos.

O topo da linha, CL600, vem com propulsor de 12 cilindros e 517 cavalos, exatos 17 cv a mais do que o motor da geração anterior. O torque, de brutais 83,9 kgfm a 3.500 rpm, também aumentou 3 kgfm. Ainda de acordo com a montadora, o CL600 acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4,6 segundos, 4 milésimos de segundo mais rápido que seu predecessor. Nas duas versões, o câmbio é seqüencial 7G-TRONIC, de sete marchas, com trocas comandadas por meio de hastes atrás do volante.

[wppa type=”slide” album=”3354″][/wppa]