Seguindo o cronograma apresentado durante o lançamento do T40, a JAC começou os testes finais da versão automática do tipo CVT do crossover. Segundo o presidente da marca, Sergio Habib, a configuração com essa transmissão chegará ao mercado entre fevereiro e março e custando cerca de R$ 5 mil a mais que a versão equivalente com caixa manual de cinco marchas.

No entanto, não se sabe se o modelo manterá o conhecido motor 1.5 16V flex de até 127 cv , será mais econômico e potente que o atual 1.5 16V. As fotos da unidade flagrada em Itapevi, na Grande São Paulo, foram enviadas pelo leitor Leonardo Marrero.

Com o T40 automático, a JAC prevê aumento nas vendas, tendo o modelo como carro-chefe da marca. No acumulado do ano de 2017, a JAC Motors registrou crescimento de 40,2%, enquanto o mercado geral obteve alta de 9,4%. Ao logo dos doze meses, a marca chinesa comercializou 3.823 unidades.

Fábrica no Brasil
A fábrica da JAC no interior de Goiás começará a produzir aos primeiros veículos em aproximadamente dois anos. Com investimentos de R$ 200 milhões, a unidade deverá gerar 820 empregos diretos e indiretos e montará aproximadamente 35 mil carros por ano. Os modelos que sairão da fábrica brasileira ainda não foram todos divulgados, com exceção do próprio T40, que atualmente é importado.

Vale lembrar que em 2012 a JAC anunciou a construção de uma fábrica na Bahia com investimentos de R$ 1 bilhão. O projeto da fábrica baiana foi cancelado em 2016.

Fotos: Leonardo Marrero