Depois que marcas de esportivos de luxo, como Bentley, Jaguar e Lamborghini, ignoraram a opinião dos puristas e seguiram o caminho iniciado pela Porsche com o Cayenne no começo dos anos 2000, agora é a vez da Ferrari confirmar que vai lançar o seu primeiro SUV. A afirmação foi feita pelo CEO da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Sergio Marchionne, à revista britânica durante o Salão de Detroit, nos Estados Unidos.

O executivo, que chegou a afirmar em 2016 que a Ferrari jamais teria um SUV, deixou claro que o utilitário esportivo não terá grandes capacidades off-road para priorizar a essência esportiva da marca. Embora o título de SUV mais rápido do mundo pertença atualmente ao Alfa Romeo Stelvio QV, a mira da Ferrari está apontada para o recém-lançado Urus, da arquirrival Lamborghini.

Questionado sobre a data de lançamento do SUV, Marchionne disse que o modelo será apresentado “provavelmente no final de 2019 ou começo de 2020”. “Vi o carro oito dias atrás na Europa. Estamos trabalhando nele, mas ainda não está pronto. Por enquanto só há modelos em escala real”, confirmou o executivo.

Embora o Alfa Romeo Stelvio QV utilize um motor V6 biturbo de 505 cv de potência desenvolvido em parceria com a Ferrari, a mecânica do SUV da marca de Maranello ainda é um mistério. É provável que o novo modelo seja equipado com o sistema de tração integral do modelo GTC4Lusso (movido por um motor V12 de 690 cv).

Projeção: