A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) anunciou em maio que iniciará a renovação de seu portfólio na América Latina nos próximos cinco anos com o lançamento da linha 2019 do Uno, que chega ao mercado brasileiro em junho com mudanças visuais e de conteúdo para brigar com modelos de entrada na faixa dos R$ 40 mil.

O Uno perderá as configurações Way e Sporting com motorização Firefly 1.3 para não conflitar com as versões Drive 1.0 e 1.3 do Argo na gama Fiat.

Segundo o site , do jornalista Marlos Ney Vidal, o Uno será vendido em versão única, com menos itens de série. Equipamentos como ar-condicionado e direção assistida voltam a ser oferecidos como opcionais. A direção elétrica, aliás, foi substituída pela assistência hidráulica – que interfere negativamente no consumo e desempenho do carro por depender do motor para funcionar.

Falando em motor, o Uno 2019 teve o propulsor Firefly 1.0 de três cilindros e 77 cv de potência trocado pelo antigo Fire 1.0 de quatro cilindros de até 73 cv. O câmbio é o manual de cinco marchas.

Em termos visuais, o Uno 2019 deverá estrear com discretos retoques nos para-choques.

Foto: Divulgação