Líder global de vendas, o Toyota Corolla manteve a hegemonia do segmento de sedãs médios no mercado brasileiro com larga vantagem sobre os principais concorrentes. Segundo o levantamento da , o modelo registrou 59.065 emplacamentos no país em 2018.

+ Fim do mistério: este é o novo Toyota Corolla, que estreia no Brasil em 2020

Com esse volume, o Corolla garantiu a décima primeira colocação no ranking geral, considerando todos os modelos à venda no Brasil.

Para efeito de comparação, o Toyota vendeu mais que o arquirrival Honda Civic (25.944 emplacamentos) e o Chevrolet Cruze somados (19.832 emplacamentos).

Além da ótima reputação do Corolla nos mercados de veículos novos e usados, os concorrentes também sofrem com a migração do público de sedãs médios para os SUVs, a categoria mais disputada nos últimos anos.

De acordo com o último levantamento feito pela consultoria , o Corolla vendeu 1.180.304 unidades no mundo em 2018, mesmo com uma retração de 1,8% em relação a 2017. Já o Civic teve 826.434 unidades comercializadas no último ano.

Fotos: Divulgação