Image

Diferentes, mas iguais: Honda Fit e Toyota Yaris convencem nos detalhes

28

fev
2019

O comparativo entre Honda Fit e Toyota Yaris pode ser denominado como “parece, mas não é”. Embora sejam modelos de diferentes segmentos, considerando o tipo de carroceria, eles são muito semelhantes em diversos aspectos mecânicos, de equipamentos e, principalmente, de preços – o que acaba provocando algumas dúvidas no consumidor na hora da compra.

Versões comparadas
Embora o Fit das fotos seja uma unidade da versão intermediária EX, por questão de disponibilidade da frota da Honda, o comparativo considera a variante topo de linha EXL (a partir de R$ 83.300) como a concorrente ideal da configuração XLS (R$ 81.990), a mais completa do Yaris.

Ambos são equipados com motores 1.5 de 16 válvulas flex de quatro cilindros e câmbio automático de variação contínua (CVT). O propulsor do Fit entrega 115/116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,2/15,3 kgfm de torque a 4.800 rpm (gasolina/etanol). Mais moderno, o motor do Yaris é uma versão recalibrada da unidade usada no Etios. Embora seja dotado de duplo comando de válvulas com variação na admissão e escape, ele entrega números de potência e torque um pouco inferiores aos do Fit (comando simples com variação apenas na admissão): 105/110 cv a 5.600 rpm e 14,3/14,9 kgfm a 4.000 rpm.

Em termos de motorização, Fit e Yaris se equivalem pois utilizam propulsores robustos e competentes para as suas propostas – embora estejam defasados em relação aos eficientes motores com turbo e injeção direta disponíveis em concorrentes, como o Volkswagen Polo e o natimorto Ford Fiesta EcoBoost, por exemplo.

No uso diário, apesar de menos potente, o Yaris é mais agradável de guiar. Ainda que os dois utilizem transmissões CVT, no Toyota a calibração é mais suave e os ruídos do motor ficam mais contidos em altas rotações. No geral, ambos são dinamicamente anestesiados para quem prioriza o prazer ao volante, uma vez que são focados em conforto. A suspensão mais macia do Yaris trata melhor os ocupantes nas ruas mal pavimentadas, enquanto o Fit mantém um ajuste mais firme para compensar nas curvas a inclinação da carroceria mais alta.

Na pista de testes houve um empate técnico nas provas de aceleração aferidas pelo . No entanto, o Yaris foi ligeiramente melhor nas retomadas e no consumo rodoviário com gasolina (veja o teste completo na tabela abaixo)

Equipamentos
Ambos são equipados de série com direção elétrica, vidros, travas e retrovisores elétricos com rebatimento, ar-condicionado digital (comando sensíveis ao toque no Honda), bancos em couro, computador de bordo, controle de cruzeiro, câmera de ré, faróis com acendimento automático e lanternas em LED, sensor de chuva e central multimídia com tela de sete polegadas. O Fit EXL se diferencia pelas rodas de 16 polegadas contra o conjunto de 15 polegadas do Yaris, que responde com o teto solar elétrico e chave presencial.

As diferenças começam no quesito conectividade, uma vez que somente a central do Honda possui compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay, além de duas portas USB. Já a Toyota aposta em um sistema próprio de aplicativos para poder contar com o Waze na tela do equipamento, que conta com apenas uma USB. O Fit leva vantagem nesse quesito, uma vez que os dois sistemas já estão consagrados e são de fácil utilização.

Em termos de segurança, Fit EXL e Yaris XLS saem de fábrica com os airbags frontais, laterais e de cortina, mas o Toyota leva vantagem por adicionar uma bolsa inflável para os joelhos do motorista. Os dois modelos ainda são equipados com controles eletrônicos de estabilidade e tração, além do assistente de partida em rampa.

Acabamento, espaço interno e vida a bordo
Tanto o Fit como o Yaris utilizam bons materiais de acabamento e não apresentam falhas de montagem ou rebarbas. No Toyota a aposta é por uma quantidade maior de combinações visuais, com a cor preta dominando o painel, com grandes partes em cinza acetinado, especialmente na moldura da porção central do painel. No Fit a aparência é mais sóbria.

No quesito espaço, o Fit leva vantagem. Apesar de ser menor externamente e ter entre-eixos mais curto que o rival, o Honda possui bancos mais verticais, além de 4 cm extras na altura, garantindo maior espaço para as cabeças dos passageiros do banco traseiro. O Yaris até acomoda bem cinco adultos de estatura mediana, porém, o espaço para as pernas de quem viaja atrás é consideravelmente menor.

Além disso, o Honda também leva mais bagagem que o rival: são 363 litros contra 310 litros do Yaris. Há ainda o conhecido sistema de rebatimento do banco traseiro, que amplia o espaço traseiro, permitindo levar objetos grandes. Há também a funcionalidade pouco conhecida de tornar os assentos dianteiros camas ao tirar o encosto e reclinar totalmente o banco.

Por fim, no que diz respeito a vida a bordo, outro ponto para o Fit. Graças à sua carroceria monovolume, o Honda agrada mais pela maior disponibilidade de porta-objetos, com destaque para os porta-copos posicionados à frente da saída de ar do lado esquerdo do painel, garantindo que as bebidas sejam refrigeradas. Há ainda muito espaço nos compartimentos das portas e no porta-objetos entre os bancos dianteiros.

Conclusão
O comparativo termina praticamente com um empate técnico. O Fit leva vantagem em espaço, comodidade e conectividade, enquanto o Yaris é mais confortável e agradável no uso diário. A preferência por um ou outro se dará em detalhes – como o teto solar do Toyota ou na modularidade do espaço interno do Honda – e também nas experiências anteriores com cada marca.

Teste Belta-diet.info-Mauá

 
Honda Fit 1.5 CVT
Toyota Yaris 1.5 CVT
0-60 km/h5,39 e 5,63 segundos (e/g)5,39 e 5,71 segundos (e/g)
0-100 km/h11,21 e 11,92 segundos (e/g) 11,22 e 12,01 segundos (e/g)
0-120 km/h15,58 e 16,63 segundos (e/g)15,68 e 16,85 segundos (e/g)
Aceleração em 5 segundos 43,26 metros e 56,55 km/h / 42,02 metros e 54,85 km/h (e/g)42,79 metros e 56,32 km/h / 41 metros e 53,83 km/h (e/g)
Aceleração em 400 metros 18,02 segundos e 128,88 km/h / 18,40 segundos e 126,13 km/h (e/g)18,04 segundos e 128,47 km/h / 18,48 segundos e 125,40 km/h (e/g)
Aceleração em 1000 metros 32,76 segundos e 160,72 km/h / 33,51 segundos e 157,76 km/h (e/g)32,85 segundos e 159,66 km/h / 33,73 segundos e 155,49 km/h (e/g)
Retomada 40 a 100 km/h 9,48 e 10,51 segundos (e/g)8,49 e 9,16 segundos (e/g)
Retomada 80 a 120 km/h 8,24 e 9,41 segundos (e/g)8,14 e 8,77 segundos (e/g)
Frenagem 100 a 0 km/h 50,6 metros51 metros
Consumo cidade9,4 e 12,9 km/l (e/g)8,8 e 13 km/l (e/g)
Consumo estrada14 e 18 km/l (e/g)13,9 e 19,1 (e/g)

Ficha técnica

Modelo
Honda Fit EXL
Toyota Yaris XLS
PreçoR$ 83.300R$ 81.990
MotorQuatro cilindros, 16 válvulas, comando de válvulas simples no cabeçote com variação na admissão, acionado por corrente, a gasolina e/ou etanolQuatro cilindros, 16 válvulas, duplo comando de válvulas no cabeçote com variação na admissão e escape, acionado por corrente, a gasolina e/ou etanol
Cilindrada 1.497 cm³1.496 cm³
Taxa de compressão11,4:113:1
Potência (gasolina/etanol)115/116 cv a 6.000 rpm105/110 cv a 5.600 rpm
Torque (gasolina/etanol)15,2/15,3 kgfm a 4.800 rpm14,3/14,9 kgfm a 4.000 rpm
Transmissão Automática CVTAutomática CVT
Freios dianteirosDiscos ventiladosDiscos ventilados
Freios traseirosTamboresTambores
Suspensão dianteiraIndependente, McPherson, molas helicoidais Independente, McPherson, molas helicoidais
Suspensão traseiraBarra de torçãoBarra de torção
RodasLiga leve de 16 polegadasLiga leve de 15 polegadas
Pneus185/55 R16185/60 R15
DireçãoElétricaElétrica
Porta-malas 363 litros310 litros
Tanque 45,7 litros45 litros
Peso em ordem de marcha 1.101 kg1.150 kg
Comprimento4,09 m4,14 m
Largura 1,69 m1,73 m
Altura 1,53 m1,49 m
Distância entre-eixos2,53 m2,55 m
Distância livre do solo145 mm150 mm
Carga útil419 kg400 kg

Fotos: Renan Rodrigues e Divulgação

В интеренете нашел нужный веб портал , он описывает в статьях про уколы ботокса botoxclub.com.ua
Dapoxetine 30 mg en ligne
Top