Image

Jaguar lança no Brasil o I-Pace, SUV 100% elétrico, por R$ 437 mil

14

mai
2019

A Jaguar Land Rover começa a vender o SUV elétrico I-Pace no Brasil a partir do próximo dia 27. O preço-base: R$ 437 mil. O modelo foi lançado na Europa em 2018 e tornou-se o primeiro SUV 100% elétrico de uma marca premium global.

Segundo a montadora, as primeiras unidades do I-Pace à venda no país chegaram com pacote de opcionais que inclui teto panorâmico fixo, rodas em aro 20 e sincronização de aplicativos do smartphone. Por isso, o preço sobe a R$ 449.190.

CARSALE RECOMENDA:
+ Conheça a Mitsubishi L200, picape casca-grossa
+ Prefere SUV? Tem o Mitsubishi Eclipse Cross
+ Suzuki Vitara: estilo que faz sentido

Dotado de bateria de íon de lítio de 90 kWh, o I-Pace tem autonomia prevista de 470 km a cada carga. Os dois motores (um em cada eixo) entregam 400 cavalos de potência e 69,9 kgfm de torque — como se trata de um carro elétrico, a força máxima está disponível assim que o acelerador é pressionado, e por isso o 0 a 100 km/h é cumprido em apenas 4,8 segundos.

Segundo a Jaguar, o I-Pace tem linhas inspiradas no cupê superesportivo conceitual C-X75, apresentado no começo da década com a promessa de parceria com a equipe Williams de F1. O carro jamais entrou em produção, mas as linhas típicas de SUVs “acupezados” (só que com quatro portas) foram adaptadas ao novo modelo. O resultado, além da estética, é um coeficiente de arrasto de apenas 0,29 — sinônimo de eficiência aerodinâmica.

Entre os destaques do conteúdo, o modelo traz painel de instrumentos 100% digital com head-up display (projeção das informações no parabrisa), duas telas táteis para controlar o entretenimento (igual ao do Range Rover Velar), frenagem autônoma de emergência (detecta pedestres e ciclistas), alerta sonoro até 20 km/h (para evitar que pedestres não percebam o I-Pace, cujos motores não fazem barulho), controle de cruzeiro adaptativo, assistente de ponto cego e assistente de estacionamento baseado em visão 360º.

O I-Pace não deve ser confundido com o E-Pace (R$ 233.800), lançado em 2017, que — além de não ser elétrico — tem um visual mais parrudo, e portanto mais típico de SUVs. A confusão é esperável: não está explicado o porquê de o modelo elétrico começar com I e o convencional com E, que é a letra universal para designar o termo “elétrico” nos principais idiomas globais. A gama da Jaguar inclui ainda o F-Pace (R$ 326.700), de porte maior e primeiro SUV da marca.

Este ano, o I-Pace conquistou nos Estados Unidos os prêmios World Car, World Car Design e World Green Car do ano no Salão de Nova York.

Imagens: divulgação
“Belta-diet.info Recomenda” é uma ação publicitária independente do conteúdo editorial