Image

Rival do Jeep Compass, Volkswagen Tarek será feito na Argentina em 2021

16

mai
2019

A Volkswagen apresentou nesta quinta-feira (16), na Argentina, os primeiros detalhes da reestruturação da fábrica de Pacheco. A unidade, onde é feita a picape média Amarok, receberá investimentos de US$ 650 milhões (cerca de R$ 2,6 bilhões na cotação atual) para produzir o SUV médio Tarek a partir de 2021.

CARSALE RECOMENDA:

+ Suzuki Vitara: estilo que faz sentido

Segundo o site , a adequação da fábrica para receber a plataforma modular MQB-A1 (a mesma das atuais gerações de Golf e Jetta) permitirá produzir outro carro além do Tarek. O modelo mais cotado é a picape Tarok, apresentada na forma de conceito na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo como a futura rival da Fiat Toro.

A plataforma MQB-A1 fica posicionada entre a estrutura MQB-A0, usada por Polo, Virtus e T-Cross, e a MQB-A2, que serve de base a modelos maiores, como Passat e Tiguan AllSpace.

Atualmente, a fábrica de Pacheco produz apenas a Amarok, uma vez que a perua SpaceFox saiu de linha no final de 2018. Até o ano passado, a unidade produzia 24 veículos por hora (cerca de 85 mil a 90 mil unidades por ano), com 30% de automatização dos processos. Com o início da fabricação do Tarek, o ritmo será de 32 veículos por hora, com 65% de automatização (chegando a 120 mil unidades por ano em dois turnos de trabalho).

De acordo com a Volkswagen, os empregos dos 3.920 funcionários de Pacheco serão mantidos mesmo com os novos processos de produção.

Por conta da crise pela qual atravessa o mercado argentino, as atividades em Pacheco serão suspensas durante oito dias. Atualmente, 65% da produção da Amarok são destinados ao Brasil, enquanto 20% são enviados à Austrália e África do Sul. Os 15% restantes são direcionados ao mercado interno e outros países da América Latina.

RIVAL DO JEEP COMPASS
O Volkswagen Tarek foi revelado recentemente na China, onde será lançado no segundo semestre com o nome Tharu. O modelo também será feito no México e Rússia. O SUV de porte médio é ligeiramente menor que o irmão mexicano Tiguan AllSpace, medindo 4,46 metros de comprimento, 1,62 m de altura, 1,84 m de largura e 2,68 m de distância entre eixos. A capacidade do porta-malas é de 455 litros.

Para efeito de comparação, o Jeep Compass tem 4,41 m de comprimento por 1,63 m de altura, 1,81 m de largura e 2,63 m de entre-eixos. O porta-malas acomoda 410 litros.

O Tarek argentino deverá ser equipado com o motor 1.4 TSI, com turbo e injeção direta, que desenvolve 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. A transmissão será automática de seis marchas com tração dianteira.

Fotos: Divulgação
“Belta-diet.info Recomenda” é uma ação publicitária independente do conteúdo editorial

Top