Image

Fiat assume patrocínio da CBF até 2022 e lança Argo Seleção

05

jun
2019

BRASÍLIA (DF) — A Fiat apresentou nesta quarta-feira (5), pouco antes do jogo amistoso entre as seleções masculinas de futebol de Brasil e Catar, o primeiro fruto da parceria firmada em março com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF): o Argo Seleção.

O modelo marca o início do acordo que abrange o patrocínio às equipes de base, olímpicas e principais feminina e masculina da Seleção Brasileira em todas as competições disputadas até a Copa do Mundo de 2022, que será realizada no próprio Catar.

Antes do hatch da Fiat, os Volkswagen Fox, Gol e Voyage, em 2014, e o Chevrolet Onix, em 2015, também homenagearam a equipe nacional de futebol.

Baseado na versão Drive 1.0 (que parte de R$ 52.690), o Argo Seleção é limitado em 1.500 unidades e começa a ser vendido no próximo dia 14 (data da estreia do Brasil na Copa América), trazendo um kit estético com emblemas alusivos à parceria e ao pentacampeonato mundial masculino. Duas cores exclusivas serão oferecidas: amarelo Indianápolis e azul Portofino (esta era disponibilizada apenas na versão HGT 1.8) — que, apesar dos nomes sem qualquer relação, homenageiam as duas camisas oficiais da CBF.

O preço será divulgado somente próximo ao lançamento. Quem comprar um Argo Seleção receberá em casa uma bolsa da Nike com emblemas da Fiat e da CBF.

A motorização é a Firefly 1.0 12V de três cilindros, que rende até 77 cv de potência e 10,9 kgfm de torque com etanol. A transmissão é manual de cinco marchas. A FCA (Fiat Chrysler Automobiles) promete uma garantia mais extensa, de cinco anos, ao Argo Seleção. “Um para cada Copa do Mundo que o Brasil já conquistou”, como diz o material de divulgação da versão.

Viagem a convite da FCA

Sobre o autor

Editor-assistente. Gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas sempre se diverte quando precisa avaliar um utilitário no fora-de-estrada ou acelerar um superesportivo num autódromo.