Image

Estudo: vende mais carros quem recebe mais clientes na concessionária (ou vice-versa)

12

jun
2019

Nem sempre a marca de carros mais visitada pessoalmente pelos clientes é a que vende mais; no entanto, as marcas que vendem mais são exatamente as marcas mais visitadas pessoalmente. É isso que sugere o cruzamento de dados de uma pesquisa de visitação de concessionárias em abril com os emplacamentos de carros daquele mês.

De acordo com levantamento da inloco, empresa especialista em dados de localização, General Motors, Fiat, Volkswagen, Renault e Ford foram, nesta ordem, as montadoras cujas lojas físicas foram as mais visitadas naquele mês.

Os números da Fenabrave (associação das concessionárias) para aquele mês mostram um ranking de vendas diferente nas cinco primeiras posições: GM, Volks, Fiat, Toyota e Ford. A comparação considera os emplacamentos de carros de passeio (que incluem SUVs) e comerciais leves (picapes).

Mas é importante notar que o top 10 de visitas se completa com Hyundai, Honda, Toyota, Jeep e Nissan, e o de vendas, com Renault, Hyundai, Honda, Jeep e Nissan, nesta ordem. Veja os dados completos no quadro abaixo:

Fontes: inloco (visitas) e Fenabrave (vendas); dados de abril/2019

Fontes: inloco (visitas) e Fenabrave (vendas); dados de abril/2019

Ou seja: as dez marcas mais visitadas pessoalmente são as dez marcas que mais vendem, embora o sucesso de cada uma em aproveitar a visita e fechar negócio possa variar — o que explica a ordem diferente nos dois rankings.

Obviamente, é trabalho dos estrategistas de cada marca resolver um enigma que parece digno de Tostines: a marca vende mais carros porque recebe mais visitas na loja, ou recebe mais visitas na loja porque vende mais carros?

Mas uma conclusão que já parece possível é: vendas feitas pela internet, sem que o consumidor visite a loja e experimente o carro sensorialmente (o que inclui desde tocar as texturas da cabine até fazer um test-drive), não têm no Brasil a relevância conquistada em outros mercados.

DIA ÚTIL — O ranking dos dias de visita a concessionárias elaborado pela inloco, também para o mês de abril/2019, reforça a ideia de que o consumidor encara a compra de um carro como uma experiência mais complexa do que um simples clique do mouse.

Segunda e terça-feira são os dias com mais visitas, respondendo por cerca de 40% do total. Isso pode refletir, por exemplo, uma decisão de compra amadurecida durante o fim de semana, bem como a expectativa de que, fechando o negócio no primeiro dia útil, o carro possa ser entregue na mesma semana.

Com 11% das visitas, sábado só é mais movimentado que o domingo, com 6% — ressalvando que muitas lojas não abrem neste dia.

Imagem: divulgação