Image

Chevrolet mostra versão mais básica do novo Onix Sedan

14

jun
2019

A General Motors chinesa divulgou recentemente imagens de uma versão mais simples do Chevrolet Onix Sedan, que entrega semelhanças visuais com os protótipos que rodam em testes pelo Brasil. Até então, a GM só tinha mostrado a configuração topo de linha Redline, de aparência mais esportiva e restrita à China.

As fotos aparentam ser da versão LT, equivalente à opção de entrada para o mercado brasileiro. Acima dela será ofertada a variante mais equipada e cara Premier.

Em comparação com o Onix Sedan Redline, a configuração LT perde as luzes diurnas de LED na parte inferior do para-choque dianteiro e os detalhes na cor vermelha na grade frontal e a pintura preta nos espelhos e nas rodas de liga leve de 16 polegadas.

O interior também é mais simples, com bancos revestidos de tecido, volante sem comandos de som e do controle de cruzeiro, além de um rádio mais básico no lugar da central multimídia MyLink.

Na China, versão mais básica tem bancos de tecido e rádio no lugar do MyLink

A GM já confirmou que o Onix Sedan brasileiro terá algumas diferenças de acabamento e conteúdo em relação ao modelo chinês. É muito pouco provável que a marca o venda por aqui sem o MyLink – disponível de série nos Onix e Prisma LT atuais.

Entre os equipamentos de série estão previstos os controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, Isofix para a ancoragem de cadeirinhas infantis no banco traseiro, câmera de ré, sensores de estacionamento traseiros e monitoramento de pressão dos pneus. O número de airbags ainda não foi informado.

Versão Redline chinesa tem visual mais esportivo com direito a um pequeno aerofólio traseiro

O sedã é movido pelo motor 1.0 turbo de três cilindros batizado de Ecotec 325T. O propulsor gera 125 cv de potência (a 5.800 rpm) e 18,3 kgfm de torque (entre 1.350 e 4.000 rpm). Combinada a um câmbio automático de seis velocidades, com trocas manuais por botões na alavanca, a unidade movida apenas a gasolina tem consumo médio declarado de 20,4 km/l, segundo as medições para o mercado chinês. De acordo com a GM, o Onix Sedan acelera de 0 a 100 km/h em 10,9 segundos e atinge a velocidade máxima de 180 km/h.

No Brasil, essa motorização poderá entregar potência e torque ligeiramente superiores com o uso de etanol.

O Onix Sedan mede 4,47 metros de comprimento, 1,73 m de largura e 1,47 m de altura e 2,60 m de entre-eixos. Na gama Chevrolet, ele fica posicionado entre o Prisma (2,53 m de entre-eixos) e o Cobalt (2,62 m).

Porta-malas do novo Chevrolet Onix Sedan é menor que o do Prisma atual

Já o porta-malas acomoda 469 litros de bagagem – menos espaço que os 500 litros do bagageiro do Prisma e os 563 litros do Cobalt.

O Chevrolet Onix Sedan estreará no mercado brasileiro no final segundo semestre, posicionado acima do Prisma, mirando o Volkswagen Virtus como principal concorrente – o veterano Cobalt sobreviverá por mais um tempo focado em vendas diretas e taxistas.

Fotos: Divulgação

Top