Image

Volvo V40 é importado que perde mais valor após 1 ano; BMW tem 4 modelos na lista

30

jun
2019

O carro importado que mais perde valor após um ano de uso é o Volvo V40 R-Design, modelo esportivo da marca sueca. Quem o comprou em 2018 e o revendeu em 2019 perdeu 22,63% — em valores absolutos, R$ 39.825 (era R$ 176 mil, caiu para R$ 136.175).

Volvo V40 R-Design, o campeão de depreciação

Volvo V40 R-Design, o campeão de depreciação

No entanto, são os modelos da alemã BMW trazidos ao Brasil por importação que dominam a lista elaborada pela KBB Brasil, empresa especializada no mercado automotivo.

Versões de X3, Série 5, X5 e X2 perdem, respectivamente, 21,21%, 17,79%, 12,62% e 11,79% após um ano de uso.

Recente estudo da mesma empresa mostrou que Suzuki Vitara e modelos de Jaguar e Volvo estão entre os que menos perdem valor após um ano.

Os números mostram a variação de preço entre o pago no momento da compra do zero KM e o valor de revenda do mesmo carro 12 meses depois (depreciação). Não é uma comparação entre preços do mesmo carro zero KM em anos diferentes (valorização/desvalorização).

BMW X3 M40i

BMW X3 M40i: perda de 21,21%

Foram consideradas as versões mais completas de cada modelo. Em alguns casos, versões diferentes podem ter depreciação diferente. O levantamento da depreciação considerou os importados mais emplacados no Brasil em abril de 2019.

Veja a lista abaixo:

CARRO
PREÇO EM 2018
(ZERO KM)
PREÇO EM 2019
(USADO)
DEPRECIAÇÃO
VOLVO V40
R-DESIGN T5 2.0 (hatch)
R$ 176.000R$ 136.175-22,63%
BMW X3
M40i 3.0 (SUV)
R$ 397.950R$ 313.541-21,21%
BMW SÉRIE 5
540i M SPORT 3.0 (sedã)
R$ 411.950R$ 338.653-17,79%
KIA SORENTO
EX 3.3 V6 (SUV 7 lugares)
R$ 210.000R$ 176.811-15,80%
MINI COUNTRYMAN
COOPER S 2.0 (hatch)
R$ 170.990R$ 144.377-15,56%
KIA CERATO
SX 1.6 A/T (sedã)
R$ 79.990R$ 68.754-14,05%
BMW X5
M 4.4 V8 A/T (SUV)
R$ 648.950R$ 567.022-12,62%
VOLVO XC90
EXCELLENCE T8 HYBRID (SUV)
R$ 537.950R$ 470.200-12,59%
BMW X2
sDrive20i M SPORT X 2.0 (SUV)
R$ 246.950R$ 217.828-11,79%

Imagens: divulgação
Pesquisa da KBB Brasil divulgada em junho/2019

Preços coletados referem-se a abril de 2018 e 19

Top