Image

Jeep elimina câmbio manual no Renegade 2020 e reajusta preços em até 5,5%

04

jul
2019

A Jeep reajustou os preços do Renegade em até 5,5% e deixou de oferecer a versão Sport com câmbio manual na gama 2020 do SUV compacto. Agora, todas as configurações possuem transmissão automática (de seis ou nove marchas), e a faixa de preços vai de R$ 89.990 a R$ 145.990.

Veja os novos valores na tabela abaixo:

VERSÃO
PREÇO 2019
PREÇO 2020
AUMENTO
SPORT MT 1.8 16V FLEXR$ 79.990----
SPORT AT 1.8 16V FLEXR$ 85.990R$ 89.990R$ 4.000 (4,6%)
LONGITUDE AT 1.8 16V FLEX R$ 99.990R$ 104.990R$ 5.000 (5%)
LIMITED AT 1.8 16V FLEXR$ 105.990R$ 109.990R$ 4.000 (3,8%)
LONGITUDE AT 2.0 TURBO DIESEL R$ 127.990R$ 134.990R$ 7.000 (5,5%)
TRAILHAWK AT 2.0 TURBO DIESELR$ 139.990R$ 145.990R$ 6.000 (4,3%)

Segundo comunicado interno da montadora aos revendedores, a decisão de descontinuar o Renegade com câmbio manual deveu-se às vendas baixas e ao crescente interesse do consumidor brasileiro por carros automáticos. A versão Sport MT era a única abaixo de R$ 80 mil no ano-modelo 2019.

O Renegade não sofreu alterações estruturais no visual. A novidade principal é a oferta de luzes full LED como item de série em toda a gama, com exceção da versão Sport e derivações (leia mais abaixo). A Jeep diz que a eficiência luminosa aumenta 50% com o conjunto em LED.

O portfólio do Renegade continua dividido primordialmente pelo trem-de-força: são três versões (Sport, Limited e Longitude) com motor 1.8 flex aspirado de 135/139 cv de potência (gasolina/etanol) e 18,8/19,3 kgfm de torque (g/e, acoplado a câmbio automático de seis velocidades e com tração 4×2 dianteira; e duas (Longitude e Trailhawk) com o propulsor 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm, câmbio automático de nove marchas e tração 4×4.

A Jeep oferece também três pacotes fechados de opcionais para a versão Sport: o inédito UConnect (central multimídia com tela tátil de 7 polegadas, ar-condicionado digital dual zone, sensor de ré), por R$ 5.000 extras; o Night Eagle, já existente desde o ano passado (UConnect + rodas, grades, emblemas e teto na cor preta e interior em preto brilhante), por R$ 7.000; e o WSL, abordado em reportagem do Belta-diet.info, que é uma versão limitada a 500 carros e custa mais R$ 9.600.

O Renegade, fabricado em Pernambuco, é hoje o oitavo modelo mais emplacado no Brasil, com pouco mais de 33 mil vendas em 2019 até o final de junho (dados da Fenabrave). É também o SUV mais bem-sucedido. O segundo colocado no segmento é o Jeep Compass, com cerca de 28 mil vendas e em 10ª posição no ranking geral da Fenabrave.

Imagens: divulgação

Top